top of page
  • Foto do escritorGabriela Chiquito Gawleta

Aqui e agora: como estar presente?

Lembrar o passado e planejar o futuro são habilidades importantes que herdamos enquanto espécie humana. A possibilidade de lembrar experiências vividas anteriormente nos possibilita a aprendizagem e a transposição do conhecimento entre as gerações, bem como a possibilidade de planejar nos possibilita a perspectiva e o movimento.


Porém, essa mesma habilidade que tanto nos possibilitou avanços se comparados às outras espécies, também é a causa do grande sofrimento humano.


Já percebeu quanto tempo do seu dia você passa relembrando experiências passadas dolorosas (ruminando) e prevendo desfechos negativos (se preocupando)?


Se nos prendemos às ruminações e às preocupações nos distanciamos do único lugar que de fato estamos: o aqui e agora.


Muitos podem acreditar que "viver no aqui e agora" pode te distanciar de um futuro promissor porque "impede o planejamento" ou faz "você esquecer as falhas do passado e repetir os mesmos erros". Mas na verdade, estar presente no aqui e agora, nos torna conscientes e intencionais sobre o que de fato é importante em nossas vidas.


A vida é sempre vivida no aqui e agora. Mesmo quando você se percebe lembrando o passado ou imaginando o futuro. você está fazendo isso no momento presente: no aqui e agora.


Como então ser mais consciente e intencional na experiência do momento presente?


Ótimas são as habilidades de mindfulness (ou atenção plena), como a meditação. Mas a atenção plena pode ser vivenciada no cotidiano. Nosso corpo é nosso instrumento para experienciar a vida e nossos maiores instrumentos para se conectar ao aqui e agora são nossos sentidos: o ouvir, o olhar, o tocar, o cheirar, o sentir...


O ouvir uma música prestando atenção na melodia, o olhar detalhadamente algo, o tocar sentido a textura, o cheirar algo que te aprecie, o sentir o gosto de algo que agrada seu paladar. De forma consciente e intencional. E lembre-se: a atenção plena não é para você se sentir de uma determinada maneira. Não há regra. É para você sentir como de fato está se sentindo.


Se teus pensamentos te distanciarem do momento presente com conteúdos sobre o passado ou o futuro, não brigue com eles. Deixe vir. Deixe ir. Com movimento e fluidez. Apenas seja consciente e intencional para direcionar a sua atenção para o que de fato você está vivendo: perceba onde está e quais são as sensações que seu corpo está sentindo.


Por uma vida com mais presença no aqui e agora. ♡


Gabriela Chiquito Gawleta

Psicóloga Clínica | CRP 08/35219


Comments


bottom of page